Agora que chegou aqui não tem mais volta, meu amigo.

Então leia e aproveite o que minha loucura criatividade tem para oferecer.

sábado, 15 de maio de 2010

Teoria Kapião

Partindo de uma brincadeira, eu e meus amigos desenvolvemos uma complexa teoria, leia abaixo e veja se em parte não é verdade ;)

Dizem os grandes sábios que existem leis que rejem o universo, e estamos fadados a obedecê-las. Na mesma linha, já no nosso dia-dia, somos constantemente perturbados pela Lei de Murphy (não é o ator) nos trazendo inconvenientes e pequenas desgraças. Bem, seguindo uma lógica controversa de desgraças maiores, formulei nos últimos meses a Teoria Kapião.

Antes de explicar os fundamentos, vou primeiro dizer o por que do nome "Kapião". Essa palavra vem de uma animação da internet com um hambúrguer falante dizendo "belessa kapião". Derivando de piadas sem sentido entre mim e meus amigos, acabou como um apelido para pessoas chatas, sem graça ou simplesmente azaradas.

Bem, passando por várias coisas nessa vida (tá, nem tantas) comecei a analisar e ver alguns padrões de desgraças alheias. Refletindo um pouco sobre algumas situações, percebi que determinadas pessoas azaravam meu dia(literalmente). Portanto, essas pessoas foram alcunhadas de "kapiões". Sendo mais direto, viu essa pessoa, algo de ruim te acontece.

Cada um tem seu kapião. Pode ser um vizinho, um amigo, um colega de aula, um familiar ou até mesmo um completo estranho que tu nunca conversou na vida, mas que concretiza a teoria. E, não raro, várias pessoas se tornam kapiões. Mas um em especial sempre é o expoente, aquele que certamente arrasa teu dia, enquanto os demais apenas causam encômodos, que eu chamo de "fatos kapionescos".

Alguma consequências da Toria Kapião:
* Se você encontra o kapião no início da semana (segunda ou terça) algo de ruim acontecerá no final dela(sexta ou sábado). E o inverso também conta;
* Se você apenas o avistar de longe, algo chato vai acontecer até o fim do dia;
* Se um kapião cruzar na sua frente, algo ruim acontecerá em menos de meia hora;
* Se o "kapião máximo" parar para conversar contigo, melhor fugir para as montanhas, pois está amaldiçoado;
* Não importa onve você vá, sempre está sujeito a ver o kapião;
* Nenhum dia perfeito termina antes de algum kapião passar por ti e te trazer azar.

Bem, pode ter percebido que nada de bom acontece, só desgraça. Pois é isso mesmo que um kapião traz. Não que eles façam por mal, mas é um dom inato que interfere no andamento do "nosso universo". A maioria dos kapiões nem faz ideia do poder que possui.

Me atendo a experiências próprias, lembro que o kapião principal e os menores me trouxeram muita dor de cabeça. Me fizeram ir mal em algumas provas, ficar sem dinheiro, encontrar pessoas indesejadas quando ando nos corredores(mesmo quando não são eles), arruinar completamente noites que tinham tudo pra ser boas e, mais recentimente, ser demitido (sim, eu conversei com o kapião no dia anterior).

Se você vir um kapião, fuja.


2 comentários:

Helena disse...

Fuja... para salvar sua vida. =)
Ah, eu ri!

Bjão.

Eric Rafael Alves disse...

Eu também riria se não fosse trágico.
haha