Agora que chegou aqui não tem mais volta, meu amigo.

Então leia e aproveite o que minha loucura criatividade tem para oferecer.

domingo, 8 de março de 2009

Ideais, objetivos e idéias. Quais os seus?

Admirável leitor, caso não saiba, até poucos meses eu nem ao menos possuía MSN. Sim, eu era um nômade, um troll, um andarilho, ou qualquer coisa que queira me chamar. Mas devido a insistência de alguns amigos acabei fazendo essa porra.

Tá, não mudou tanto na minha vida. A diferença é que comecei a tomar foras das garotas pela internet também. Porém, algo sim foi revolucionário: descobri o dom que tenho para escrever meus pensamentos e idéias de maneira compreensível e não ofensiva. Isso consequentemente gerou conversas formidáveis. Inclusive várias foram inspirações para panaquices narrativas e dissertações desse blog. Inclusive a de hoje.

Começou a conversa apenas com umas dicas pra se sentir mais disposto ao longo da semana. Passou para o que fazer nas horas de folga do trabalho. Lambiscou a importância dos blogs e da internet no dia dia. E chegou em algo fundamental(na minha opinião), que é a relação das nossas idéias com nossos ideais e objetivos. Aí a discussão foi bagual.

A maioria geralmente é influenciada e controlada pelo que os outros pensam, ou o que vão achar a respeito das atitudes que pretendem fazer. Ou pior ainda, fazem julgamentos dos outros sem ao menos terem algo claro para serem justos. E isso, além de ser sintomas de futilidade e fraqueza emocional, são uma ofronta aos nossos ideais e objetivos. Porque? Simples, se nossas idéias mudam da água pro vinho com tanta facilidade, nossos objetivos mudam junto, e nossos ideais deixam de existir, já que não tem serventia nenhuma.

Aí que cheguei a uma conclusão: Tenho os meus objetivos, eles seguem meus ideais, e são as bases para minhas idéias.
Simples assim? Não, nem um pouco. Pelo contrário, é extremamente complicado traçar essa linha e segui-la, mas sigo com clareza quanto ao que quero, determino e penso. As únicas dúvidas são se as maneiras com que concretizo meus sonhos estão corretas. Mas daí é algo além do que podemos prever, pois as experiências(boas ou desastrosas) vão moldando a a jornada do destino(falei bonito).

Mas e você? Sabe quais são as bases do seu pensamento? Elas tem alguma influência no teu caráter? Você cria seus objetivos seguindo-as ou apenas com outras finalidades? Por acaso as idéias por ti transmitidas são conforme o que realmente tu pensa e aje?

Tá, é muito complicado dizer rápido. Eu perdi muitas tardes refletindo isso tudo, e não é fácil chegar a uma conclusão. A única coisa que dá pra concluir rapidamente é que MSN serve pra quatro coisas: Conhecer mulher, tomar fora de mulher, falar asneras, e discutir coisas que vão parar no blog.

Um comentário:

Höerlle disse...

Sinto te informar que você NUNCA dirigirá um filme! Ehehe!