Agora que chegou aqui não tem mais volta, meu amigo.

Então leia e aproveite o que minha loucura criatividade tem para oferecer.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

"Aquelas"

Sim, aquelas.
As que de uma forma ou de outra fizeram parte da minha vida.
Garotas legais, garotas chatas, garotas bonitas, garotas feias, garotas amigas, garotas que me odeiam..... e por aí vai.
Vou fazer uma listagem das que mais deixaram lembranças.

A colega de aula burrinha - que, bem, é burrinha, mas é muito legal. Afinal as mais burrinhas sempre foram as que me trataram melhor(será que isso é bom ou ruim???). Nessa categoria entra uma certa "Barbie" fã de RBD.

A loira/morena que se acha - bem, o nome já diz tudo. Se acha bastante, mesmo que nem seja tudo isso. Uma em questão que até está acima do peso continua com esse problema. Costuma pisar em cima dos outros.

A pirigueti - cara, como tem guria pirigueti nesse mundo!! Geralmente são bem antas e não conhecem muito além de Funk(a desgraça musical) e pagode(a desgraça musical com pandero).
Mas até que são legais, só provocam muito e fogem na hora H. Ah, e muitas vezes são umas barraqueiras.

A fofa ordinária - essa faço questão de falar. É referente a uma menina fofinha que eu conheci, uma ex-colega de trampo. Chata, convencida, cheia e com uma cara de lua cheia. Tenho esse problema de tratar muito bem as garotas, mas devido a um certo "desentendimento" que tive com ela, recebi o pior tratamento da minha vida: Ignorância. E por vários meses.

A bêbada - em várias de minhas bebedeiras mudo adentro achei gurias que gostam de um trago. Mas essa que vos falo era uma campeã. E ela é bem divertida. Pra ti saber se uma pessoa vai com a tua cara, veja como ela te trata quando bêbada, pois é a hora que mostramos os verdadeiros sentimentos. Essa continuou legal comigo depois de um wiski 12 anos, então subiu no conceito.

A headbanger - Podem rir e dizer que o circuito do metal não tem muita mulher, mas é mentira!!
Tem várias, e são todas gente fina. Porquê? Hora, ao contrário desse bando de patricinha posuda que tem por aí elas são o que são e gostam disso, sem fingimento.

A maluquinha - Essa vai em especial pra uma amiga meio maluquinha das idéias, mas que é uma das mais legais que já conheci. Tem assuntos maneros e ajuda a levanta a moral quando o cara tá por baixo.

A inocente - Isso tá meio raro, mas ainda existe. São aquelas que não tem certas malvadezas da maioria, por isso são legais. Essas é bom de conversar e as vezes desabafar.

A que te faz de idiota - Pra terminar tinha que ser com essa mesmo. Eu sou um bobo, todos sabem, mas nada pior do que uma mulher que sabe disso e se aproveita. Ela vê que o idiota em questão(Eu) tá totalmente apaixonado e começa a brincar com os sentimentos e pisar nele. E como o panaca(eu) é burro, vê isso e continua tentando agradar. Não dá cara, se o mané(eu denovo) gosta muito, acaba não desistindo dela e fica só sofrendo. Mas esse tipo é o pior que tem, porque quando vê que tu começa a se afastar, ela chama o retardado(eu mais uma vez) de volta e dá uma pequena provocação. Ela não te quer com ela, mas ao mesmo tempo te quer com ela....sei lá.....porra.....vai entender esse tipo.....só traz sofrimento pro energúmeno(deve ser eu outra vez) e ele fica pensando nela o tempo todo depois.

Bem, essas são só algumas, ainda há vários exemplos e outros que virão.
.
.
.

Mas, bem ou mal, eu sou um exemplo de perseverança!!!

2 comentários:

Bianca disse...

Acho que não tem 'eu' aí nessa lista! ;P

Tá muito bala teu blog, parabénnns! ;D

Eric Rafael Alves disse...

Esqueci de acrescentar a "criativa gente fina" hehe
E valeu por inspirar o nome do blog :D